quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Um brinde a “ignorância”



Bem... Como adiantado em post’s anteriores por nosso amigo “T.”, resolvemos mudar um pouco o foco de conteúdo do nosso humilde Blog (temporariamente, num intervalo super curto de tempo) e falar sobre outro assunto sem ser sexo.
Pronto, falamos.
Vamos ao sexo...

Brincadeira =P

Me encontrando em momentos de divagações pessoais e algumas conversas virtuais com amigos de mesmo grupo sócio-baladeiro, me remeti a algumas reflexões a respeito da complexidade do pensamento feminino sobre os relacionamentos.
Acho muito interessante frases do tipo “os bonzinhos são chatos, nós gostamos mesmo dos safados” que são ditas numa conversa de “clube da luluzinha” na porta do banheiro feminino. Acho mais interessante ainda quando alguns minutos após tal afirmação vem a amiga do meio da pista entre as nuvens de gelo seco com cara de boi em dia de tourada e diz: “PQP! Ele ficou com outra na minha frente! Cachorro safado! Homem num presta mesmo, a gente nunca acha um que preste!!!”. Interessante.

Ainda podemos também citar neste pequeno artigo, uma característica intrigante ainda acerca desse tema: O apoio financeiro. A cada dia que se passa o movimento feminista crescente que infere a sociedade em nome da luta por direitos iguais entre os sexos postula que as mulheres têm, não só que rejeitar os “agrados” financeiros masculinos, como pagar a conta ou uma bebida, mas sim rachá-los ou cobrir integralmente o “prejuízo”. Apesar do cavalheirismo inerente na alma masculina (essa foi foda, eu admito... kkkkk), creio que esse seja o aspecto que menos nos incomoda embora ainda sim demonstre uma forma estranha de pensar (se alguma menina quiser pagar eu aceito sem problema nenhum).

Os aspectos de esquemas de pensamento complexos não param por ai. Ainda temos o clássico modelo que é adepto do “ficar mais de uma vez”, demonstrando o menor possível de preocupação com qualquer coisa que não seja oi, tudo bem? (pausa para um longo beijo) Tudo e você? (pausa para outro longo beijo) Então ta, depois a gente se fala né? Xauzinho (pausa para UM PUTA BEIJO!) e vai embora. Até ai tudo bem, um relacionamento quase perfeito. O problema é que alguns dias depois, quando o cara esta realmente acreditando que encontrou o relacionamento perfeito, que Deus o presenteou e esta prestes a se ajoelhar em direção a Meca para agradecer Alá pelo relacionamento aberto, escuta algo do tipo: “Po cara, fulaninha ta afim de pegar aquele cara que anda contigo, porque ela ta se apegando muito a tu saca, mas você é um safado, num quer nada serio! Ai ela ta afim de ficar com teu amigo que é gatinho, pergunta a ele se rola”... Convenhamos companheiros leitores, no mínimo intrigante.

Pesquisas cientificas de institutos de esquina revelam que o pensamento feminino não é dotado de lógica. Eu discordo. Acho que os homens ainda não conseguiram assimilar o grau de retórica e apelo afetivo das mulheres, que conseguem ter os mesmos propósitos masculinos de “pegar geral \o/” e ainda sair como vítima, graças a ignorância cognitiva de seres inferiores: Nós homens :D.
E sabe o que acho mais engraçado nessa historia toda?

A GENTE NUM TÁ NEM AI!

"F."

;*


6 comentários:

Thiago disse...

Perfeito!

Alexandre Pedroza disse...

"Po cara, fulaninha ta afim de pegar aquele cara que anda contigo, porque ela ta se apegando muito a tu saca, mas você é um safado, num quer nada serio! Ai ela ta afim de ficar com teu amigo que é gatinho, pergunta a ele se rola"

Soa familiar..

sexo e literatura na madrugada disse...

Resposta do cara: Po, arrumo... Se vc me arrumar aquela loirinha linda que anda ctg, topas? Aceito proposta para "3" tbm... huashuahsaush =P

Thiago disse...

kadpokapsdasdpasdoasdpaskok tensooooo muito tenso!

Victor disse...

L0LLLLLLLLLLLLL
vou ficar calado...

"Se vc arrumar aquela loirinha linda que anda ctg" AHSUHashAHS

Perfeito F.

Kiune Ribeiro disse...

rsrsrsrs

Muito bom o texto..=]
gostei do humor nas palavras..boa pra caramba..adoro esses pensamentos "maculinos" sobre relacionamentos..muito interessante!!

Vida longa ao autor..hehee