quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Ensaio sobre o sexo casual



Queridos leitores, vocês devem estar achando que a palavra “literatura” no nome do blog está desnecessária visto que não rola outro assunto aqui alem de sexo, mas prometo que isso mudará... ou não. Mas o assunto que eu queria comentar hoje é o sexo casual que de uns tempos pra cá deixou de ser apenas habito masculino e passou a ser também um habito feminino (Deus queira que seja também). Ainda existe um grande preconceito por parte das mulheres sobre o sexo casual, acho que o grande problema é o fato delas pensarem que estão sendo usadas (de certa forma estão) por seus parceiros, mas esquecendo de que também estão usando, é uma coisa recíproca.
Com o tempo você aprende que não se nega duas coisas na vida: um copo d’agua e uma gozada. O problema todo está na bendita gozada. As mulheres negam que fazem o mesmo devido a sociedade machista que criticaria na mesma hora mulheres que fizessem o mesmo, acusando-as de mulheres da vida, prostitutas, entre outros apelidos carinhosos, mas desde pequeno nossos corpos sofrem alterações para um único objetivo: Gozar. E o que Deus fez não pode ser ignorado. Então garotas e garotos, vamos deixar de mimimi e curtir a vida. Se você não consegue fazer isso, tente a nossa receita infalível: mulher + homem + techno/psy + ecstasy + motel = melhores noites das suas vidas.

“diga com quem transa que eu te direi quem és.”

“T.”

Um comentário:

Lipe's Blog disse...

kkkkkkkkkkkkkkkk.... MTo bom! *-*