sábado, 26 de setembro de 2009

Situações apocalípticas - Parte II



Olá caros leitores extrapoladores de plantão do S&L! O post de hoje será uma continuação de um post do nosso outro humilde Blog, o "Phronesis". Este outro Blog citado tem finalidades mais amplas do que o nosso S&L, pois se trata de vários assuntos como experiências de vida, reflexões, filosofia, sociologia e afins. A primeira parte do post foi mais reflexiva, pois o assunto era muito delicado, além de ser um post de auto-ajuda para casais que se encontram em situações críticas em seus relacionamentos.


Mas hoje irei explanar sobre uma situação que de início é fúnebre, monótona, apocalíptica: a situação após o fim de um relacionamento. Irei dividir este post em duas etapas, uma delas analisando o comportamento dos seres brutais, cachorros da vida: os homens, e por outro lado, analisarei o comportamento das porcelanas, dotadas de emoções e beleza: as mulheres (vale salientar que o conteúdo apresentado abaixo é apenas meu singelo ponto de vista).

Começaremos pelos homens:

Homens não são tão diferentes de mulheres após fim de relacionamentos. Nós nos sentimos abalados também, muito abalados. Nós passamos por todas as fases que as mulheres também passam, como a ausência imediata do parceiro, as lágrimas incansáveis, as visitas recentes no "Orkut" sem poder fazer nada à respeito, as mensagens da vida pelo "Oi Torpedo" ou do celular, o arrependimento, os pedidos de volta, o desespero de não conseguir fazer mais nada, a agonia, etc. Agora lhes pergunto uma coisa, mulheres da vida: o que diabos um homem faz depois de sair de um relacionamento? Nós, os lobos solitários, corremos atrás do nosso remédio preferido que anestesia momêntaneamente qualquer dor: outra mulher.

- AQUELE CACHORRO!
By: ex-namorada e amigas dela (cuidado com as tagarelas).

Opa!

- Antes um cachorro bem acompanhado do que um cão solitário.
By: "a."

Vocês mulheres não compreendem que um homem assim que sai de um relacionamento fica extremamente carente, e o que fazemos é partir pra a primeira que jogar o ossinho para nós, é nossa natureza, não temos como negar isto, é o que fazemos, é o nosso modo de expulsar nossos fluidos lacrimais e rancores. E sabe o que é o melhor de tudo? Nós gostamos e aproveitamos deste remédio.

Por outro lado, em um planeta distante: as mulheres.

O que as mulheres fazem depois que saem de um relacionamento? Se trancam no quarto e choram. Fim.

Voltando aos homens..

Os homens começam a brincar de tiro ao alvo com suas vítimas inocentes (inocentes o ca*****) e tentam saciar sua sede o máximo que podem, junto ao seu magnífico e explêndido remédio chamado "as outras", mas ao mesmo tempo (cá entre nós machos de plantão), sentimos aquele intenso e imensurável vácuo no nosso órgão muscular que bombeia sangue por todo o nosso corpo (pra não dizer coração, pois existem boatos de mulheres que homens não possuem) que nos consomem a cada "remédio" que nos drogamos pela vida. Pegar uma mulher para um homem após um fim de relacionamento funciona como qualquer bebida alcoólica, cigarro, drogas (nos sentimos aliviados e ao mesmo tempo, a saudade da ex e o fato de estar com outra nos consomem pouco a pouco). O que também me chama atenção são as supostas "vítimas" da pegação: as mulheres. Engraçado, não é? Sempre o que leva a culpa de tal ato é o brutal homem, e a mulher sempre se finge de vítima, só não entendo como rolou algo então, já que a "vítima" nunca desejou na sua vida este inesperado momento oportuno.

Voltando para as mulheres: ainda chorando no quarto.

Voltando aos homens:

O homem agora já se drogou demais, já está totalmente chapado. Ele irá seguir um desses dois rumos: ou continuará sua rotina de drogado, ou irá largar as drogas. Para mim está aí a fase primordial de que irá definir se o homem realmente é um cachorro ou não. Se ele for, ele ainda será um viciado, e se não for, verá que todas as suas mágoas já foram saciadas. É extremamente normal um homem sair atirando para todos os lados depois de um fim de relacionamento, mulheres.

Agora voltando para as mulheres, GERALMENTE elas expulsam todas as suas mágoas por si mesmas. Elas são auto-suficientes, seres superiores, e não precisam de ninguém para curar suas mágoas. Elas fazem coisas que todo homem também faz (além de atirar pelos cantos com sua "espingarda") como sair com amigos(as), irem ao cinema, seguirem suas vidas, pois a mulher tem um auto-controle psicológico/sexual bem maior que o dos homens, que precisam satisfazer suas vontades com outras. Lógico que existem mulheres que fazem o mesmo que homens, sair atirando para tudo que é lado com seu "estilingue". Estudos da UFAPTLP (Universidade Federal de Atiradores Profissionais para Todos os Lados Possíveis) revelam dados empíricos em que 40% das mulheres praticam tiro ao alvo, enquanto 80% dos homens já acertaram seu alvo bem mais cedo que elas.

Que conclusão tiramos desta análise, pessoas? Simples: homens e mulheres são diferentes em vários aspectos, e temos que entender essas diferenças entre nossos sexos. Muitas pessoas ainda não conseguiram enxergar isso, e por isso existe uma "Jihad" desde os tempos dos dinossauros, quando as "dinofêmeas" matavam os "dinomachos" após o acasalamento (não sei se existem dinossauros assim, mas enfim, existem espécies para tudo, incluindo nós heim?).

Espero que vocês mulheres nos compreendam mais, e que nós homens suportemos mais vocês, mulheres. Brincadeira, nós a entendemos também! :D

E para quem leu a primeira parte deste post no "Phronesis", que conclusão podemos tirar acerca das duas partes do post? Acho que também é uma conclusão simples: qualquer ser humano que se apaixonou alguma vez na vida, teve alguma vida sexual ou entrou em relacionamento estará "amaldiçoado" pelo resto da sua vida, pois quando você está solteiro(a) você sente aquela falta de alguém com você, para jurar amor eterno ou simplesmente se divertir um pouco. E quando está se relacionando com alguém, acha que sua vida está sufocada, acha que o relacionamento lhe dá problemas e dores de cabeças extremas e quer se livrar disto (a não ser que tenha um relacionamento acima da normalidade, pois não existem relacionamentos perfeitos). Porém nas duas fases, eu comparo como um "Yin Yang": você é feliz e triste ao mesmo tempo, tanto solteiro como "casado". Enfim, nós seres humanos somos engraçados e contraditórios, um bom passatempo para analisar nossos comportamentos psicológicos, principalmente.
:P

Abraços por atrás bem gostosos,


"a."

6 comentários:

Hélida disse...

Uff, terminei!

Não sei se concordo quando você diz que nós mulheres somos superiores e auto-suficientes, porque eu acho sim que existam homens capazes de se recuperar de um término de relacionamento sem ser necessário sair "atirando para todo lado possível". Nós só não registramos essa espécie ainda...

Talvez... não sei não, mas acho que você está tentando livrar o seu sexo com a desculpa de carência ou incapacidade de controle emocional.

Ainda assim, adorei o post e respeito o seu ponto de vista.

;)

P.S.: Sinto-me abraçada! rsrsrsrsrs...

Anônimo disse...

"(...) estará "amaldiçoado" pelo resto da sua vida, pois quando você está solteiro(a) você sente aquela falta de alguém com você, para jurar amor eterno ou simplesmente se divertir um pouco. E quando está se relacionando com alguém, acha que sua vida está sufocada, acha que o relacionamento lhe dá problemas e dores de cabeças extremas e quer se livrar disto"

Que tristeza, eh verdade! ashiushusiha
Tem um poeta que diz: "ninguém pode ser feliz já tendo amado uma vez..."

Então, já que namorar tem seus pesares, mas estar solteiro tb, só resta:
- curtir a solteirice quando está solteiro;
- ser sério e curtir o namoro quando esttá namorando .
Dandado é saber como a gente faz p achar esse tal relacionamento acima da média.XD
Em todo caso,parabens pelo post inteligente e engraçado ! Abrç XD

W.

Ravi disse...

Fim de relacionamento é uma coisa muito complexa, depende de cada tipo de relacionamento, depende da pessoa e de uma série de outros aspectos. Por isso não acho prudente generalizar.

Claro que existem certas tendências, e ai acho que tanto homens quanto mulheres gostam de "estravazar" após um relacionamento. "Estravazar" acaba sendo: Fazer o que normalmente não fazia enquanto namorava. E isso pode ser viajar com os amigos, procurar relacionamentos sem compromisso, ou etc, etc e tal.

Cleo disse...

Só quem sofreu uma gigantesca decepção amorosa sabe que, naquele momento, se faz tudo o que se imagina ser possível pra tentar aliviar a dor.
Por isso, não sou eu, reles mortal, que criticarei a forma de suplemento que cada um queira tomar, sejam eles homens ou mulheres.

O que vale realmente é a lição que se tira depois disso. O aprendizado que se tem na hora da fossa é o mais valioso de todos. Um antigo provérbio chinês diz, “a idade do homem se mede pela quantidade de amores perdidos.”.

Apesar de engraçadinho (=P) post construtivo.

=]

J disse...

"Agora lhes pergunto uma coisa, mulheres da vida: o que diabos um homem faz depois de sair de um relacionamento? Nós, os lobos solitários, corremos atrás do nosso remédio preferido que anestesia momêntaneamente qualquer dor: outra mulher."
Não é da minha indole quando termino um relacionamento ir "atirar" pra algum lado, passo um tempo aproveitando com os amigos so, meu remédio é rir muito assistindo filmes, estudar mais do que o de costume, pegar o violão e fazer composições únicas que nunca mais serão cantadas novamente, escrever o livro de minha vida...

"(a não ser que tenha um relacionamento acima da normalidade, pois não existem relacionamentos perfeitos). Porém nas duas fases, eu comparo como um "Yin Yang": você é feliz e triste ao mesmo tempo"
Gostei dessa sua análise do yin yang... mas sobre essa parte do "relacionamento acima da normalidade" não concordo muito, quer dzer que relacionamento normal é aquele que se sentimos sufocados? esse seria um anormal! Normal é termos felicidade, problemas ocorrem, mas são superáveis na maioria das vezes, basta querermos (a questão é essa, QUERER!).

Um excelente post em geral... rejeito seu abraço!

Dhébora disse...

elas expulsam todas as suas mágoas por si mesmas. Elas são auto-suficientes, seres superiores, e não precisam de ninguém para curar suas mágoas.
- concordo !