domingo, 27 de setembro de 2009

Jogos...


No mundo em que vivemos as inovações para conseguir e consumar de forma prazerosa uma relação sexual são diversas e cada vez mais, digamos... criativas. Inúmeras brincadeiras inocentes como “Pera, Uva, Maçã ou Salada Mista e “Verdade ou Conseqüência” (eita nostalgia...) foram adaptadas e agora animam festas adultas juntos dos copos de bebida e a energia libidinal da galera.

Brincadeiras essas que por sua vez se tornam excelentes dispositivos para que se produza uma química e ajudam a tirar a timidez da galera, proporcionando momentos bons (ou não) e que podem gerar momentos posteriores (tais momentos ficam por conta da imaginação de vocês). Elas vão desde jogos com dadinhos eróticos até conseqüências que envolvam coisas que despertem o desejo de um pelo outro (ou de vários por vários outros, ai vai de quem ta brincando).

Acho que é algo válido. As brincadeiras em grupo ou em casal (seja de qual preferência sexual) com esses dispositivos são ótimos aceleradores do processo sexual e da perda de timidez, e que no mínimo proporcionam varias risadas além de as vezes despertarem até romances futuros. Claro que se deve haver concordância com as regras e limites nessas brincadeiras, afinal, como homem eu não gostaria de por pedir conseqüência ter algo introduzido em minha região de retaguarda.

Além de tudo a junção de bebida com esses jogos podem nos livrar de certos tabus e preconceitos e nos liberar para nossos mais intrínsecos desejos, nos proporcionando momentos que sempre quisemos e nunca tivemos coragem de ter (ou também nos proporcionar uma puta ressaca moral).

Queria aproveitar e trazer algumas brincadeiras e suas regras pra vocês leitores do S&L usufruirem com seus(as) parceiros(as) ou com sua turma:

Eu já (adaptação do famoso “eu nunca”):


Excelente brincadeira para grupos ou casais que estão começando a se conhecer, pois junto com a bebida revela segredos e desejos escondidos além de ir aproximando todas as partes.


- Regras: O jogo não tem muitas regras, consiste basicamente em formar uma roda (no caso de um grupo de pessoas) e num sentido anti-horário cada um seguir falando algo que já fez, se alguém mais da roda tiver feito aquela coisa, bebe uma dose.


Verdade ou Conseqüência:


Essa brincadeira é uma das mais famosas e com melhores resultados (pelo menos constatados), pois proporciona além da integração em relação aos segredos a ação propriamente dita, mediante aos desafios feitos na hora das conseqüências.

-Regras: Assim como na brincadeira anterior é ideal que se faça uma roda (no caso de um grupo de pessoas) e que se estabeleçam os limites e os consensos a respeito das verdades e conseqüências. Feito isso, arranja-se um artefato que tenha duas extremidades e possa ser utilizado para indicar duas pessoas na roda (canetas, chinelos, garrafas, etc...). Após arranjar o artefato, uma das pessoas deve girá-lo para que, por exemplo, a tampa da caneta indique uma pessoa que vai perguntar: “Verdade ou Conseqüência”, e depois girá-lo novamente para indicar a pessoa que vai optar entre verdade ou conseqüência. As regras básicas para as respostas são: Para cada duas verdades, na terceira vez a pessoa terá que obrigatoriamente optar por uma conseqüência. Dada a conseqüência, a pessoa pode realizá-la ou não, caso não, bebe uma dose. Lembrando que você pode escolher a qualquer hora verdade ou conseqüência, mas após duas verdades, sempre virá uma conseqüência.

Strip poker:


Uma variante bastante conhecida do poker original, mas com o acréscimo de uma regra: Como conseqüência do desempenho negativo nas partidas, peças de roupa serão retiradas gradualmente.


-Regras: São utilizadas as mesmas regras do poker comum, porém o strip poker, em geral, não é jogado com apostas em dinheiro, mas com fichas coloridas que representam os seguintes valores:


brancas: $ 5
vermelhas: $ 10
verdes: $ 15
azuis: $ 20
pretas: $ 25

1. Para iniciar a partida, cada jogador deve trocar seu par de calçados por $ 300 em fichas, que são distribuídas da seguinte forma:

10 brancas: $ 50
10 vermelhas: $ 100
4 verdes: $ 60
02 azuis: $ 40
02 pretas: $ 50

2. Antes de iniciada a partida todos os jogadores devem estar com o mesmo número de peças de roupa, pois quem perde os $ 300 iniciais pode trocar uma peça de roupa por novos $300 em fichas. A troca das peças de roupa por fichas se dá na seguinte ordem:

Homens:
-Meias
-Paletó
-Camisa
-Calça e cinto
-Cueca

Mulheres:
-Meias
-Blusa
-Saia
-Sutiã
-Calcinha

3. O jogador precisou trocar uma peça de roupa por $ 300 pode readquirir sua peça de roupa se voltar a ganhar, pagando para tanto os mesmos $ 300. Esta regra, porém, torna o jogo lento ou mesmo interminável, razão pela qual nem sempre é aplicada.

4. Em algumas versões do strip poker, o jogador que perde todas as suas fichas e roupas pode "pagar tarefas" a um dos jogadores que tiver disposto a pagar $ 300.


Bem... é isso ai pessoal, como diria nosso amigo Jigsaw em “Jogos Mortais”: Que os jogos comecem... ;)



;*


F.

2 comentários:

Manu Montenegro disse...

joguinhos são para os fracos. [brincadeirinha]


gostei do "Strip poker"...nunca ouvir falar ;P


iai...quem mais vai jogar? =x
kkkkkkkkkkkkkk

Cleo disse...

Joguinhos são legais sim, sevem pra deixar uma situação que tende a ficar monótona em algo bem mais, digamos, produtivo. ;]

Ate já brinquei de strip poker, mas era diferentes, você entrava com 5 peças, e eram elas que você apostava, se ganhasse as peças dos outros poderia aposta-las como
se fossem suas.

Mas tanto faz se tem jogo ou não, o importante é se divertir.

=]