sábado, 12 de setembro de 2009

Caiu na rede...




“F”: Hoje eu e meu amigo “T” faremos uma inovação, escreveremos um post juntos para explanar nossas opiniões acerca de um fenômeno que anda bastante crescente na vida sociedade contemporânia: O “sexo” virtual.

Bem, começando a discussão, poderíamos ressaltar o uso indec... Crescente das webcams nos chats, bate-papos e msn’s. Com o avanço da tecnologia pode-se dizer que os/as adolescentes descobriram uma forma melhor e mais “real” de satisfazer seus desejos libidinais (sem precisar pegar vírus em sites de vídeos românticos). As webcams tem tido um grande impacto inclusive na visão liberal que as meninas estão adotando sobre semi-nudez (ou em alguns casos nudez completa; P). À distância as deixa menos tímidas, menos retraídas, e faz com que elas se sintam desejadas assim como as “gostosas do carnaval global”. Nesse mundo virtual elas podem dançar, flertar, provocar... Podem ser desejadas e ver na tela a baba descendo pela cara do menino que a 5 minutos implorava para pelo menos vê-la... Enfim, a nova juventude goza (o termo foi proposital) de pornô ao vivo! \o/

“T”: Inovação, tecnologia, o mundo avança e a putaria vai junto. Esse cine privê moderno... Quer dizer, web sexo, ou qualquer nome diferente que queiram dar para masturbação online (convenhamos, não é muito diferente disso) é valido. A criatividade sexual é uma coisa espantosa e talvez por isso consiga vários fãs. Concordo plenamente com “F” em relação a timidez. O “web sexo” proporciona uma sensação mista de prazer e desejo que libera as menininhas que tem medo de se mostrar para o mundo. Apesar de não chegar nem perto do sexo “normal”, o sexo via internet pode proporcionar uma prévia de como seria ou será o sexo carnal (ou não). Assim como todas as coisas na vida precisam de inovações, o sexo não poderia ficar de fora, qualquer idéia é plausível.

O problema é que só usar camisinha não garante sua segurança nesse caso, não é “F”?

“F”: Pois é, como nosso amigo “T” ressaltou no final de sua fala, eu realmente queria saber o que dá na cabeça de uma menina para achar que pode confiar em uma situação como essa. Antes dos discursos defensivos que possivelmente veremos nos comentários do post, gostaria de ressaltar que falamos aqui do uso indiscriminado que ocorre mesmo com baixa intimidade e convivência. Pois bem, sei que não cabe a nós do S&L ensinar informática a ninguém, mas tenho alguma afeição pela causa feminina (os homens que me perdoem pelo que farei) e lhes ensinarei algo um tanto quanto interessante.

- Aperte a tecla “Print Screen SysRq” em seu teclado (ou alguma semelhante que possa ser percebida como equivalente a essa).
- Abra o paint (programa de edição de imagens do Windows) e aperte a combinação de teclas “CTRL + V”.

Pronto, você tirou uma foto da sua tela.
Sabe o que isso quer dizer?
Yeah baby, seu strip-tease estará na net! =D

Apesar de ser uma forma diferente de proporcionar prazer à distância, convenhamos que possa ser algo um tanto quanto perigoso, e digamos até chato... Imagina se você encontra “carnalmente” o individuo para um “sexo de verdade” e o infeliz olha pra você e diz: Na cam sua bunda era maior e com menos estrias =(
Tenso.

“T”: Continuando sobre a situação chata citada acima, uma das vantagens que a web cam trouxe foi a certeza (ou pelo menos uma idéia) de quem é a pessoa do outro lado da tela. Quem não se lembra das conversas via mirc (bem novinho) em que todo mundo era hiper gostoso (a), rico (a) e inteligente, mas por trás eram as coisas mais bizarras do mundo, quando não eram os amigos te sacaniando. Segurança é uma coisa crucial, mas pra falar a verdade ninguém parece lembrar muito disso quando ta na frente do PC. Mas não se preocupem garotas, os Prints Screens são só pra recordações (eu acho). Tendo contatos íntimos e confiáveis (ou pelo menos que você pensa ser) e muita criatividade na cachola (haja criatividade), pode ser uma forma interessante de experimentar coisas novas, feito isso, que os jogos comecem!

“F” & “T”

6 comentários:

rebeca disse...

por isso q sempre digo e repito: "maldita inclusão digital" :P

Hélida disse...

"Na cam sua bunda era maior e com menos estrias =("
Interessante... eu sempre ouvi os homens dizendo que não ligam para estrias... o.ö

Pô, mas é mesmo, se você realmente confia no cara, porque não apimentar a conversa?! Deve ser interessante...

"T" disse...

ahhhh esqueci de colocar, meu print screen ta quebrado entao se alguem tiver afim ai favor me add no msn e tal...mas so quem achar interessante =x

Hélida disse...

huahuahauhauhauhauhauhuhau

Manu Montenegro disse...

Mas olhem só... alguem aqui do nosso lado (feminino)! Mas não sei ainda o intuito desse "tiro no pé" que vcs deram... qndo a ajuda é demais o santo desconfia! auheuheuehueheh =x

-brincadeira. ;)

Bianca disse...

Eu concordo plenamente manu! Mais gostei muito do post , é educativo de certa forma , tem muitas meninas avoadas nesse mundo e depois isso vai parar tudo na net. CUIDADO com quem ta do outro lado, pois quem vê cara não vê coração.

ps:muito criativo o jeito que foi escrito o post