domingo, 4 de outubro de 2009

Derrubando fábulas infantis...


Olá queridos e dedicados leitores, já estava com saudade de postar algo aqui e queria dar-lhes alguns avisos antes de começar o post:


Primeiro: eu estou de volta \o/


Segundo: queria parabenizar o nosso querido amigo programador, capotador de carros e viciado em mulheres, nosso Blogger “a.” que hoje, dia 4 de outubro, está completando mais um ano de farra em sua vida. Parabéns \o/


Indo direto ao ponto, eu estava pensando sobre algo para escrever no blog durante esses dias de ausência e resolvi falar sobre um assunto que a meu ver é bastante interessante. O que os homens e mulheres desejam (sexualmente, amorosamente, etc.) são diferentes ou são iguais porem de formas e meios diferentes?


Canso de escutar mulheres falando coisas como: homem é tudo igual... Homem não vale nada... São tudo um bando de safados infiéis que só querem comida e roupa lavada (e sexo, claro!) ou que a gente só quer brincar com elas e sair “passando o rodo”, mas sem se perguntar se não é mesma coisa que elas querem. Talvez o pensamento formado pela sociedade de que as mulheres têm que ser as certinhas da historia ou talvez o preconceito existente sobre as mulheres que pensam, agem, e expõe seus pensamentos verdadeiros seja tão grande que deixem as outras com medo de sair do armário.

Vou contar-lhes uma historinha:


Era uma vez uma princesinha que morava em um castelo. Ela sonhava com um “príncipe encantado” (O otário). Um idio...um cara que amasse somente a ela, que fosse fiel, que fosse perfeito aos seus olhos. Pois bem, certo dia, ela achou esse príncipe encantado e sua vida parecia perfeita. Mas o sentimento de liberdade, as tentações e diversão que existem dentro da gente afloraram dentro da princesinha que percebeu o que ela realmente queria: porque ter um príncipe encantado se eu posso ter vários? \o/

Muitas mulheres hoje em dia, sentem a mesma coisa que a “princesinha” da historia, mas tem medo de ser taxada (ou não) de tudo que é nome pelas outras pessoas, mas esquecendo do principal que é fazer o que realmente dá na telha.


Nós homens, não temos medo de admitir o que realmente queremos. A gente quer uma princesinha do castelo sim, mas a gente também quer as amiguinhas dela, as empregadas dela e algumas vezes, ate os dragões de seu reino. Talvez por isso homem seja chamado de tudo que é nome pelas mulheres pelo fato de simplesmente mostrarmos o que realmente desejamos.


Homens são todos iguais? NÃO!

Mulheres são todas iguais? NÃO!

Mas homens e mulheres... esses sim, são iguais!


“T”

6 comentários:

Manu Montenegro disse...

as bruxas querem os reis, os principes, os cavaleiros...mas principalmente...qrem os cavalos deles! =x

UAHEAUHEAUHEAEUAHEAUH

=D

"T" disse...

"...qrem os cavalos deles! =x" nem comento.

J disse...

TENSOOOOO! ahahhaheuahauahauhauaa

"Muitas mulheres hoje em dia, sentem a mesma coisa que a “princesinha” da historia, mas tem medo de ser taxada..." FATO

Vlw "T", ver se aparece mais...

"T" disse...

claro caro "J", como eu disse, eu estou de volta o/

Cleo disse...

Cada um escolhe a maneira de viver, e se ela consiste em quere ‘pegar ’ zilhões de pessoas isso não devia incomodar ninguém. Até por que a pessoa em questão não está se sentindo incomodada.

Mas, vocês sabem que falar mal da vida dos outros é bem mais fácil. oO

Princesas existem e príncipes também. Mas tem uns que preferem acharr o par ideal procurando pela tentativa e erro, por isso precisam de quantidade amostral de parceiros. :D

Fazia tempo que eu não vinha aqui. =~

Beijos a todos

"T" disse...

pois é cleo, sentimos sua falta, mas quanto ao texto, eu resolvi escrever com o desejo de mostrar que voces mulheres, tem o mesmo direito que os homens em todos os aspectos, inclusive de mostrar pra todos o que voces querem, se voce quer ou nao varios é questao de opiniao, mas em qualquer uma das opçoes voces nao podem ter medo ou vergonha de mostrarem suas vontades.

nós somos livres \o/

ahh, proximo post meu eu vou tentar fazer um conto. aguardem. bjs!