domingo, 6 de setembro de 2009

Acabei o namoro, e agora?


Após semanas, meses ou até anos sem ter que procurar companhia pra sair em uma balada, por que você tinha alguém, você se vê sozinho e com a mesma vontade de sair de antes. O que fazer?! A famosa ligação pros amigos é sempre uma boa opção... mas se você foi daquele tipo de casal que se isolou do mundo, pode encontrar certa dificuldade. Ligue para os amigos e se eles reclamarem que você está ligando agora por que está solteiro, ria e desconverse, insistindo na balada... afinal de contas, você sempre os teve no coração (em tese). Procure sempre ligar pros amigos solteiros, por que os comprometidos enfrentarão a ira da namorada (é tenso), por que você, que agora está solteiro, representa uma má influência. Ainda mais se seu namoro terminou por algum deslize seu...

Algo que vai acontecer nos primeiros dias, são as inevitáveis perguntas sobre: Onde está sua namorada? (agora EX). Seus amigos e familiares que não sabem do fim do seu namoro invariavelmente irão perguntar aonde está José ou a Maria, já que vocês nunca eram vistos separados... Dependendo da sua disposição para explicar você pode seguir por dois caminhos:
1º. Dizer que acabou: isso implica em ter de explicar o fim do namoro, arrumar desculpas e enfrentar os comentários do tipo: - ai, que pena! Sério? Como foi isso? etc (de que forma enfrentaremos isso? Explicarei posteriormente).
2º. Dizer que ficou em casa: o que pode ser uma boa saída, desde que na roda de amigos NÃO existam pessoas que saibam do fim do namoro (Só use essa maneira em casos que você não está nem um pouco afim de falar sobre tal).

Explicando a forma de confrontar aqueles questionamentos. Todo mundo olha pra você e diz: “- poxa vida, que pena” e em seus olhos brotam aquele olhar de pena. O que fazer?! Rir é uma boa opção, mas se você rir demais ou alto demais pode demonstrar que você está sofrendo. Outro caminho fazer aquele ar blasé e dizer que essas coisas acontecem e rapidamente mudar de assunto. Afinal de contas, você precisa seguir em frente.

Algumas pessoas quando terminam o namoro podem ficar bastante deprimidas, o que é bem razoável, e seus amigos podem tentar fazer você se sentir melhor apresentando uma nova pessoa, que invariavelmente você não lembra, por que era muito apaixonado e não prestava atenção em mais ninguém, ou que você de fato não conhece. E agora “J’?! Você pode ir e tentar se divertir, afinal de contas, a vida continua e seus amigos devem lhe conhecer bem pra não errarem na escolha desse encontro às cegas (devem conhecer, mas nem sempre acontece de fato, ahahehau). Mas às vezes os amigos erram e escolhem algo que definitivamente não tem nada a ver com você. Não se pode simplesmente dizer que a pessoa era um saco, afinal de contas, seu amigo também é amigo dessa pessoa... Então culpe o fim do relacionamento...sabe como é...foi muita dor e você ainda não se refez (clássica).

Obs.: Caro leitor, se antes você achava a segunda-feira o pior dia da semana, seu conceito vai mudar. Passará à ser o domingo. Não que ele fosse assim uma Brastemp... mas por que você tinha alguém que ficava com você sem fazer nada achando muito bom. Procure novas ocupações. Sabe aquele seu armário que faz anos que você tenta organizar? Pois é... ele pode se mostrar algo bem atrativo. A receita pro domingo é não ficar sem fazer nada... afinal de contas, ele sempre acaba rápido e a segunda (antes sua inimiga) se torna sua amiga, já que você estará ocupado novamente e sem tempo pra pensar em certos assuntos (por falar nisso, tenho seminário a apresentar quarta-feira).

Uma boa dica é o velho e bom cinema. Você terá uma nova percepção extra sensorial, começará à se lembrar do filme ao final e conseguir opinar sobre ele se alguém perguntar, o que pode render boas conversas. Não terá mais aquele leve incômodo na coluna por ter ficado numa posição ruim só pra ficar... beijando (hoje estou light)!
E claro, a vida continua, pois você estava na rua quando conheceu alguém “especial”.

"J."

4 comentários:

Psicoplacebo disse...

A do domingo e da segunda é perfeito! kkkkk... Realmente é quando mais sentimos ='(
Mas enfim...
A vida continua =]

Manu Montenegro disse...

é... o domingo é punk! pior é quando vc começa a sair...conhecer gente nova...e o paquerinha surge com aquela pergunta: -Você não é a ex de fulaninho? =x
affee...
ps.: Gostei desse post viu "J"!

Thiago disse...

pior ainda é quando voce ja está se livrando do leve incomodo de explicar porque o namoro terminou, 99% do pessoal ja sabe e quando voce quer mais que as noticias ruins se espalhem para nao ter de explicar de um por um, eles nao fazer isso, e voce tem de ficar feito idiota explicando pra todos. ai quando voce menos espera, o 1% vem e faz a pergunta basica, e tudo aquilo que ja tava indo embora, volta ¬¬ um saco
domingo sempre foi meu pior dia msm antes de namorar, tudo que é legal no domingo é ruim, menos é claro, sexo. segunda é legal se voce nao estiver no ocio. adorei o post. "J" lindo...
rsrs

lele disse...

....o domingo é otimo mesmo...eu terminei com o meu namorado e nao ta sento nada facil...tudo mimim faz lembra ele tudo...o pior é que ele ainda morra perto da minha casa e estuda comigo e sempre ficavamos juntos sempre juntos...por nada na nossa vida é pra sempre?por que tudo tem que ter um fim?esse fim nao é facil é bastanti complicado...